Transplante capilar FUT

Se você já cansou de jogar no time dos carecas ou então gostaria de ganhar mais volume na cabeleira que ainda resiste, você deve entender o que é o Transplante capilar FUT.

É logico que um paciente não precisa conhecer a parte técnica, ou decorar qual o tipo de medicação será usada para anestesia local e sedação (abro uma exceção para quem tem restrições alérgicas a medicações, por exemplo).

Mas você precisa estar minimamente informado sobre as alternativas técnicas que existem no procedimento capilar.

Pense comigo: boa parte do dia você usa um smartphone de última geração. Conhece a maioria das funcionalidades e sabe quais os diferenciais desse equipamento.

E que tal pensar dessa forma quando o assunto é voltar a ter cabelos através de um transplante capilar?!

Estamos falando de uma mudança na forma como você se vê e como as pessoas te veem.

É uma mudança que pode trazer de volta a sua satisfação de olhar no espelho.

O Transplante de Unidade Folicular (FUT) é um procedimento cirúrgico em que o cabelo é transplantado da área doadora (geralmente área da nuca e laterais da cabeça), para a área calva.

Digamos que é um remanejamento dos melhores moradores, aqueles fios que são mais resistentes à calvície hereditária.

Como surgiu o transplante Capilar?

O primeiro relato de transplante capilar foi feito no Jornal Japonês de Dermatologia, em 1939, pelo médico Shoji Okuda. Na ocasião foram citados os transplantes de sobrancelhas, cabelos e bigode.

 

transplante capilar fut - homem

Já a técnica FUT foi desenvolvida pelo médico Robert M. Bernstein, M.D. e descrito pela primeira vez na literatura médica em uma publicação de 1995.

Desde então, houve um aperfeiçoamento (graças a Deus) das técnicas de transplante capilar, procedimentos cirúrgicos, equipamentos mas a principal vantagem está relacionada ao salto de tecnologia e informação.

Um médico pode estar em qualquer cidade do Brasil e participar remotamente de uma cirurgia no outro lado do planeta.

Isso é um avanço inestimável pois auxilia o médico no desenvolvimento das habilidades cirúrgicas, o mantém atualizado sobre as principais técnicas e avanços, bem como permite que os pacientes desfrutem de procedimentos com níveis de qualidade internacional, sem precisar sair do país.

Transplante capilar FUT: Como fazer?

Nesta parte, vou descrever um passo a passo de como fazer um transplante capilar FUT e qual o caminho você deve seguir para fazer as pazes de vez com a sua aparência.

1- Busque informação confiável

Existe muita informação ruim e sem embasamento técnico aqui na internet (sem falar nas fakes news: confira nosso post Descobriram a cura para a calvicie, de novo).

Quando for iniciar a sua pesquisa sobre profissionais especialistas em Transplante capilar, a minha recomendação é buscar blogs de médicos e acessar o site da ABCRC. Lá existe o maior acervo de profissionais especializados em transplante capilar do Brasil, todos com o mais alto nível de conhecimento. Esse cuidado é para que você inicie a sua caminhada se alimentando das informações certas, em busca de uma solução.

2- Agende uma consulta com um médico especialista

Nesta etapa, você pode se sentir inseguro sobre qual a melhor alternativa para o seu problema de queda de cabelo/calvície. Talvez tenha dúvida se realmente vai pagar um preço justo pelo procedimento. Sente receio sobre o que as pessoas próximas vão pensar da sua decisão.

Isso tudo é perfeitamente compreensível e normal. Uma decisão desse porte envolve muitas coisas.

Pela importância que tem fazer um transplante capilar FUT, sugiro que você converse com sua família ou pessoas próximas e fale sobre a sua vontade de voltar a ter cabelos. Nesta etapa você já terá informações suficientes não só para tomar a sua decisão como também esclarecer as dúvidas, preconceitos e equívocos que sua família pode ter sobre o tema. Esteja seguro do que quer, apesar de ouvir opiniões contrárias sobre o procedimento. Só você sabe o que sente quando olha no espelho ou então vê os fios espalhados no travesseiro.

3- Hora de Agir (ou não)

Depois passar pelas etapas 1 e 2 e amadurecer a ideia do implante capilar, chegamos ao momento em que você tem 3 opções: buscar uma solução diferente do transplante (pode ser um tratamento com medicamentos, uma prótese capilar, micro pigmentação do couro cabeludo, etc), fazer um transplante capilar ou então não fazer absolutamente nada.

Essa é a etapa que definitivamente pode mudar a sua vida e a forma como você tem se visto.

A hora de agir é o momento que gera mais ansiedade, mais apreensão. Meu amigo, é chegada a hora. Siga em frente e mude a sua aparência. Se você decidir tratar, vá em frente!

Se não quer fazer nada e assumir a calvície, é uma excelente escolha também. Eu tive a minha fase de penteado ao estilo Vin Diesel. Passava a máquina zero na cabeça e me sentia muito bem naquele momento da minha vida.

O tempo passou e tive vontade de deixar o cabelo crescer novamente, eu não me via pra sempre com aquele visual sem cabelos.

Mesmo que você não queira fazer nada a respeito, lembre-se de que a calvície tem uma tendência natural de avançar…silenciosamente!

Então se você pretende simplesmente pagar pra ver o que pode acontecer, esteja seguro de que os cabelos que ainda restam devem cair.

E mais uma vez afirmo: não existe nada de errado em ter o visual de Jason Statham. Apenas esteja pronto pra trabalhar isso na sua cabeça como uma decisão sua. 😀

transplante capilar fut - famoso

E aí, bora de penteado sem pentear?

Os procedimentos do Transplante capilar FUT

Acredito que as informações técnicas devem ser passadas sempre pelo médico especialista, apesar de saber que este é um blog que fala sobre calvície, implante capilar e outras soluções.

Mas você precisa saber algumas informações sobre o procedimento para poder conversar com o médico e esclarecer as dúvidas que podem surgir.

Pensando nisso, preparei a imagem abaixo que ilustra como são os procedimentos do transplante capilar FUT.

transplante capilar fut- como é

Os fios são transferidos da zona doadora para a área receptora (a cabeça calva) em grupos de um, dois ou três fios (unidades foliculares).

Na técnica tradicional (chamada FUT), é necessário remover uma “tira” de couro cabeludo da nuca, depois as unidades foliculares são separadas uma a uma pela equipe médica. Logo em seguida, são inseridas na área calva.

O fechamento do couro cabeludo na região doadora forma uma cicatriz linear permanente na nuca e um possível desconforto no pós-operatório.

Se preferir, faça uma micro pigmentação sobre a cicatriz. Dessa forma, você torna a marca mais discreta e pode usar um corte de cabelo mais baixo.

transplante capilar fut - cicatriz

Créditos na imagem

Transplante capilar FUT: pós operatório

O primeiro mês de pós operatório é fundamental para o sucesso do transplante capilar FUT.

O médico que realizou a cirurgia irá passar as recomendações que, na minha opinião, devem ser seguidas a risca.

Afinal você já enfrentou tantos desafios por causa dessa cabeleira, dúvidas, auto estima abaixo do chão…e justamente agora você vai falhar?! Claro que não.

Eu fiz um infográfico para facilitar a visualização das informações de um jeito mais didático.

Transplante capilar FUT - Pós operatório

 

RESUMO DA ÓPERA

Vamos supor que você esteja decidido a agir contra o fato de que tem mais cabelos seus espalhados no chão da casa do que na sua cabeça.

O primeiro passo é procurar informações sérias e confiáveis e por incrível que pareça, a internet possui poucos lugares assim.

Dessa forma, sugiro sempre aos leitores do blog que busquem no site da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar um(a) especialista no assunto.

Em seguida marque uma consulta e bombardeie o médico com perguntas (inclusive prepare uma lista com as suas principais dúvidas).

Fazer escolhas é fácil quando se pode corrigir as consequências. Eu garanto que você não vai querer corrigir um transplante capilar!

Tenha calma, afinal o mais importante nós já temos: uma forma de voltar a ter cabelos!

 

Abraços e até o próximo post.

By | 2018-07-04T17:52:24-03:00 Março 30th, 2018|Categories: Transplante capilar|Tags: , |0 Comments

About the Author:

Leave A Comment